terça-feira, 5 de agosto de 2008

Nada é impossível




Nada é impossível

A estrada é longa, o caminho é estreito,
é difícil chegar em um coração, caminho suado,
mas quando se chega, pequenos atos, pequenas frases nos fazem
felizes, imensamentes felizes e satisfeitos
a ponto de agradacer à Deus por existirmos na terra.
Nesses momentos que queremos desistir escutamos um "eu te amo",
e retribuímos com um olhar tímido, talvez, um sorriso sem graça
ou apenas respondendo, baixo: "eu também."
É realmente um caminho longo e estreito e o tempo curto,
mas se aproveitado, prazeroso.
Caminhos para o coração, só existe um, e eu quero descobrir,
mesmo que haja uma distância física entre nós,
mesmo que seja impossível que aconteça, e eu creio:
pra Deus, nada é impossível, nada...

Anderson Rabelo

2 comentários:

Anônimo disse...

tive um sonho parecido com essa foto...
o onibus subia a estrada mais inclinada que essa...soh q não caía...foi um sonho bem estranho..
hehehhehe

Renúncia disse...

Muito bom Anderson, você já nasceu poeta! Bjs.