sexta-feira, 10 de junho de 2011

Conversando com Sophia - Parte I



Conversando com Sophia - Parte I

Depois de deixar Tobias, fui ver Sophia...
- Minha filhinha mais linda, vamos dormir? - silêncio, como eu havia escutado o Tobias, resolvi perguntar:
- Filha, você também é superdotada? - sem resposta e perguntei:
- Filha? - silêncio, suspirei e pensei:
- Ufa, ela é normal! - quando ouço no pé do meu ouvido:
- Quer dizer que só porque falamos e pensamos, não somos normais papaizinho? Caso o senhor não saiba, somos superdotados. - me assustei, mas era de se esperar, filhos de quem são... falei:
- Quer dizer então que você também fala!
- Por que não falaria?
- Talvez porque mal tenha um ano de idade?
- Ah, não falar é para bebês estúpidos e ignorantes, graças a Deus somos seres um pouco mais evoluídos. - Juro a vocês que antes de ouvi-los falar, me sentia confortável, mas depois de hoje, não mais.
- Sophia, vamos com calma! Só queria desejar boa noite. Vai me dizer que também já tem TPM, não, né? - disse sorrindo e ouvi também o sorriso dela e uma pergunta aparentemente doce:
- Papai, quem inventou meu nome?
- Não sei querida, sei que sua mãe que escolheu!
- O que significa?
- Sophia? Bom, Sophia significa: "A Sábia!"
- Ééé, boa Mamãe, agora entendi porque sou tão inteligente.
- Mas vocês se acham, né?
- Não papi, apenas somos.
- Humrum, tudo bem, vamos dormir?
- Vamos sim papi. Boa noite para o senhor.
- Boa noite Sábia menina! - e fui dormir.

Anderson Rabelo

Um comentário:

Milena Farias disse...

Ai, meu Deus! Eles são gêmeos! oO
Tô muito fritaaaaaaa!