quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Perdido



Perdido

Estou perdendo a identidade,
os amigos, a poesia, a música.
Estou perdendo o ar,
a vontade, o medo, o desejo
estou perdendo o semblante,
o humor, talvez a alegria
já não sei quem sou,
já não sei se existo,
escrevo,
mas nem sei se já me perdi nas palavras.
Sei que estou perdido e (não) quero ser achado.

Anderson Rabelo

Um comentário:

Bruno Soft disse...

Quem te perdeu
pra você se achar??
rsrsrsrs